DOCES OFERECIDOS A SÃO COSME E DAMIÃO?

São Cosme e Damião são figuras veneradas na tradição católica, conhecidos por suas obras de caridade e milagres em prol da saúde. No entanto, é importante entender que suas histórias também têm raízes na religião africana, o que levanta questões sobre a participação cristã em festas dedicadas a esses santos e o consumo de doces associados a essas celebrações. Vamos explorar esses temas com base na perspectiva cristã.

Quem foram São Cosme e Damião?

Na tradição católica, São Cosme e Damião eram irmãos gêmeos que viveram no século III em Ásia Menor (atual Turquia). Eles eram médicos e cristãos devotos que praticavam a medicina de forma altruísta, curando os doentes sem cobrar por seus serviços. São Cosme e Damião também são conhecidos por realizarem milagres de cura, muitas vezes invocando o nome de Jesus Cristo.

Nomes na Religião Africana

Em algumas tradições religiosas africanas, São Cosme e Damião são associados a divindades ou entidades espirituais com nomes diferentes. Por exemplo, na santeria, uma religião sincrética afro-cubana, eles são identificados como os “Irmãos Gêmeos”, e na Umbanda, uma religião brasileira, são associados aos “Erês” ou “Ibejis”. É importante notar que essas tradições não negam sua conexão cristã, mas integram elementos da cultura africana em sua veneração.

Por que Alguns Cristãos Evitam Festas e Doces Associados a São Cosme e Damião?

Alguns cristãos podem evitar participar de festas dedicadas a São Cosme e Damião e consumir doces relacionados a essas celebrações por preocupações teológicas e espirituais, pois todos estes doces são oferecidos a entidades que afetam a vida do indivíduo que os console. Ao fazê-lo, pode inadvertidamente estar participando de práticas sincréticas que misturam elementos do catolicismo com tradições religiosas africanas, o que é considerado incompatível com a fé cristã.

No entanto, é importante observar que a percepção sobre a participação nessas festas pode variar entre os cristãos, e muitos católicos veem as festividades como uma oportunidade de solidariedade e caridade, lembrando que as pessoas envolvidas nesta tradição eram pessoas com compromisso de São Cosme e Damião com o cuidado dos necessitados.

Conclusão

Em última análise, a relação entre São Cosme e Damião, o catolicismo e as tradições religiosas africanas é complexa e pode ser vista de várias maneiras. O importante é que cada indivíduo, guiado por sua própria fé e consciência, tome decisões informadas sobre sua participação em festas e rituais relacionados a esses santos. Pôs causam impactos direto na vida espiritual da crianção até mesmo dos adultos que participam. A bíblia diz:

Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia,
Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
Gálatas 5:19-21

Por isso amigo aconselhamos a você e sua família ficar longe destas festas idolatras, no qual os doces que são destribados são oferecidos a entidades religiosas que trazem impacto negativos em todos os que o consomem. Guarde sua fé e sua família.

Agradecemos por explorar este estudo conosco e incentivamos você a continuar explorando outros temas em nosso site. Que a busca pela compreensão e o respeito pela diversidade de crenças enriqueçam sua jornada espiritual e cultural.

Deixo para vocês um video do nosso canal relacionado a festas pagãs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima