LIVRO DE GÁLATAS – ACF

GÁLATAS 1

GÁLATAS 2

GÁLATAS 3

GÁLATAS 4

GÁLATAS 5

GÁLATAS 6

Quem escreveu Gálatas? Quando e onde foi escrito?

A Epístola aos Gálatas foi escrita pelo apóstolo Paulo. A autoria de Paulo para essa epístola é amplamente aceita e não é contestada pelos estudiosos.

Quanto à data e ao local de escrita, acredita-se que Paulo tenha escrito a Epístola aos Gálatas por volta do ano 49-50 d.C., durante sua primeira viagem missionária. A carta foi escrita pouco tempo depois que Paulo fundou as igrejas na região da Galácia, na Ásia Menor (atual Turquia).

A Epístola aos Gálatas foi escrita em resposta a uma situação específica que ocorria nas igrejas da Galácia. Alguns ensinadores judaizantes estavam influenciando os crentes a adotarem práticas e rituais da lei judaica, particularmente a circuncisão, como requisitos para a salvação. Paulo escreveu a carta para reafirmar a mensagem do evangelho da graça e da liberdade em Cristo, em oposição à ideia de salvação pela observância da lei.

Essa epístola é valorizada por sua ênfase na justificação pela fé, na liberdade em Cristo e na importância da vida cristã guiada pelo Espírito Santo. Ela destaca a centralidade da obra redentora de Jesus Cristo e a suficiência da fé nele para a salvação.

A Epístola aos Gálatas tem sido uma fonte importante de ensinamento e orientação para os cristãos, tanto em questões teológicas quanto em questões práticas da vida cristã. Ela continua a ser estudada e apreciada por sua mensagem clara e poderosa de liberdade em Cristo e pela necessidade de se manter firmes, na verdade, do evangelho.

Rolar para cima