Acabe foi o sétimo rei de Israel, que governou por cerca de 22 anos no século IX a.C. Ele é conhecido por ser um dos reis mais ímpios de Israel e por sua esposa, Jezabel, que introduziu a adoração de Baal na nação.

A Bíblia descreve Acabe como um rei que fez o que era mau aos olhos do Senhor, sendo mais perverso do que todos os reis que o precederam (1 Reis 16:30). Ele se casou com Jezabel, uma princesa fenícia que adorava Baal e influenciou seu marido a se juntar a ela na adoração a esse deus falso.

Em 1 Reis 16:31-33, a Bíblia diz: “E Acabe, filho de Onri, fez o que era mau aos olhos do Senhor, mais do que todos os que foram antes dele. E aconteceu que, sendo-lhe fácil andar nos pecados de Jeroboão, filho de Nebate, tomou por mulher a Jezabel, filha de Etbaal, rei dos sidônios; e foi e serviu a Baal, e o adorou. E levantou um altar a Baal na casa de Baal, que edificara em Samaria.”

Acabe permitiu que a adoração a Baal se espalhasse por todo o país, construindo altares para esse deus falso em toda parte. Ele ainda perseguiu os profetas do Senhor, matando muitos deles, e tentou silenciar aqueles que ainda pregavam a verdade.

No entanto, a história de Acabe também nos ensina que Deus é um Deus de justiça. Em 1 Reis 21, Acabe deseja o vinhedo de Nabote, mas Nabote se recusa a vendê-lo. Jezabel então conspira e acusa Nabote falsamente de blasfêmia, levando à sua morte e permitindo que Acabe assuma o vinhedo. No entanto, Deus envia o profeta Elias para confrontar Acabe e predizer sua queda.

Em 1 Reis 21:29, a Bíblia diz: “Viste como Acabe se humilhou perante mim? Pois, por se ter humilhado perante mim, não trarei o mal nos seus dias; nos dias de seu filho trarei o mal sobre a sua casa.”

Acabe, portanto, enfrentou a justiça de Deus por seus pecados, e sua história serve como um aviso para aqueles que se afastam da vontade de Deus e seguem caminhos perversos. Mas também nos ensina que Deus é um Deus de misericórdia, disposto a perdoar aqueles que se arrependem e voltam para Ele.

QUAL É GENEALOGIA DO REI ACABE?

A genealogia de Acabe é apresentada em 1 Reis 16:28, onde é mencionado que ele era filho de Onri, o sexto rei de Israel. Onri foi um rei que governou Israel por cerca de 12 anos, no final do século IX a.C. Ele construiu a cidade de Samaria e também introduziu a adoração de Baal na nação, o que pode ter influenciado a escolha de Acabe em seguir esse caminho de perversidade.

Onri descansou com os seus antepassados e foi sepultado em Samaria. E seu filho Acabe foi o seu sucessor. 1 Reis 16:28

A genealogia de Acabe também pode ser traçada a partir de Gideão, um dos juízes de Israel mencionados no livro de Juízes. Em Juízes 6:11-24, Gideão é visitado por um anjo do Senhor, que o chama para liderar Israel contra os midianitas. Gideão pergunta ao anjo como ele pode ter certeza de que Deus está com ele, e o anjo lhe dá um sinal ao pedir que ele ofereça um sacrifício sobre uma rocha. Quando Gideão faz isso, o anjo toca a rocha com seu cajado, e ela se transforma em fogo, consumindo o sacrifício.

Esse anjo é identificado como o próprio Senhor em Juízes 6:22, e é importante notar que Gideão é da tribo de Manassés, a mesma tribo de onde vem Onri, pai de Acabe. Assim, a genealogia de Acabe pode ser traçada até Gideão e, portanto, até José, filho de Jacó e patriarca da tribo de Manassés.

Embora a genealogia de Acabe possa parecer irrelevante para alguns, é importante lembrar que a Bíblia frequentemente traça a linhagem de seus personagens-chave para mostrar a continuidade da história de Deus com Seu povo. A história de Acabe e sua linhagem serve como um lembrete de que nossas ações têm consequências que afetam não apenas a nós mesmos, mas também nossos filhos e descendentes. Por isso, é importante buscar a vontade de Deus e seguir Seus caminhos para que possamos deixar um legado de justiça e retidão para aqueles que nos seguem.

SE ESCREVA EM NOSSO CANAL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima